Após Copa ruim, Japão anuncia técnico Javier Aguirre

Mexicano assume o posto na vaga deixada pelo italiano Alberto Zaccheroni, que dirigiu a seleção no Brasil

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

FEDERAÇÃO MEXICANA DE FUTEBOL/ DIVULGAÇÃO
undefined

A Associação de Futebol do Japão (JFA, na sigla em inglês) anunciou oficialmente nesta quinta-feira que o mexicano Javier Aguirre foi contratado para assumir o comando da seleção japonesa. Ele herdou o cargo deixado pelo italiano Alberto Zaccheroni, que dirigiu o time nacional na decepcionante campanha na última Copa do Mundo, na qual o país foi eliminado na primeira fase com um empate e duas derrotas. Em sua carreira, Aguirre levou o México às oitavas de final dos Mundiais de 2002 e 2010, e mais recentemente treinou o Espanyol na temporada passada do futebol europeu, na qual a equipe de Barcelona terminou o Campeonato Espanhol na 14ª posição. O primeiro maior desafio de Aguirre no comando do Japão será a Copa da Ásia, marcada para acontecer em janeiro de 2015, na Austrália. Mas o foco principal de seu trabalho será a qualificação para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Eleito para assumir o cargo deixado por Zaccheroni, que estava na função desde 2010, Aguirre fará a sua estreia no comando da seleção japonesa em 5 de setembro, em amistoso contra o Uruguai, em Sapporo. Quatro dias depois, o país pegará a Venezuela, em Yokohama. Na Copa da Ásia, o Japão irá integrar um grupo na primeira fase da competição que contará também com Jordânia, Iraque e Palestina. O Japão fechou a sua participação na Copa de 2014 como lanterna do Grupo C. Após estrear com derrota por 2 a 1 para a Costa do Marfim, empatou por 0 a 0 com a Grécia e depois foi eliminado do torneio ao ser goleado por 4 a 1.

Leia tudo sobre: JapãoAguirreCopa do Mundozaccheroni