Pedreiro é preso suspeito de estuprar cinco crianças no Norte de Minas

Suspeito mostrava filmes pornográficos para as crianças e mandava que elas imitasse as pessoas nas imagens; duas das vítimas são sobrinhas do criminoso

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Barbosa está detido na Cadeia Pública de Taiobeiras e nega os crimes
Polícia Civil/Divulgação
Barbosa está detido na Cadeia Pública de Taiobeiras e nega os crimes

Um pedreiro foi preso, e apresentado nessa quarta-feira (23), suspeito de ter estuprado cinco crianças, em Taiobeiras, no Norte de Minas. De acordo com as investigações da Polícia Civil, os crimes aconteciam há dois anos e o criminoso também teria tentado abusar de uma adolescente de 14 anos.

De acordo com o delegado Alessandro Silva Lopes, duas das vítimas de Elismar Barbosa, 39, são sobrinhas dele e teriam fica amedrontadas, depois que suspeito voltou a morar na cidade, após uma temporada em São Paulo. A mãe das meninas contou da suspeita para uma irmã, que resolveu comunicar a polícia, já que Barbosa já teria tentado filmar ela tomando banho.

As duas meninas foram ouvidas e relataram os abusos, além de contarem que três vizinhas também teriam sido estupradas. O suspeito nega os crimes. “Ele tem duas filhas, sendo assim, colocava as crianças no carro, alegando que ia levá-las para brincar com suas filhas na casa dele. No local, ele mandava as filhas comprarem alguma coisa (para saírem de casa) e colocava filmes pornográficos. Depois, mandava que as crianças ficassem nas posições do filme e abusava delas”, explicou Lopes.

Para que as crianças, que na época dos estupros tinham entre 6 e 10 anos, não contassem sobre os abusos, Barbosa dava a elas pequenas quantias em dinheiro, menos de R$ 5, ou as amedrontava com um cachorro da raça pitbull. “São crianças pobres e muito novas”, completou o delegado.

Depois que Barbosa foi preso, uma adolescente de 14 anos foi à delegacia e o reconheceu como sendo o homem que tentou estuprá-la.

Os crimes também aconteciam na casa da mãe do suspeito, no bairro Vila Formosa, em um matagal conhecido como Barragem de Cima e em obras onde ele trabalhava. Barbosa foi detido em sua casa, no bairro Bom Jardim, na última sexta-feira (18), após a Justiça acatar o pedido de prisão preventiva. Ele está preso na Cadeia Pública de Taiobeiras.

A Polícia Civil não encontrou indícios de que o homem também abusasse de suas filhas, mas acredita que mais vítimas possam aparecer. Os filmes pornôs não foram localizados.

Além de ser pedreiro, Barbosa também vendia panelas e roupas de cama pelas ruas da cidade. O suspeito não tinha passagens anteriores pela polícia.

Leia tudo sobre: estuprocriançassobrinhasfilmes pornográficos