Inflação e juros altos são vilões

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo e Queila Ariadne |

Na indústria da construção, o pessimismo também prevalece. O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG), divulgado nessa quarta, registrou 42,3 pontos em julho. O indicador ficou abaixo da linha de corte de 50 pontos, sinalizando descontentamento do setor.  

De acordo com o economista e coordenador sindical do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Daniel Furletti, o atual momento da economia brasileira, marcado pela elevação dos juros, inflação resistente, baixo crescimento econômico, além do período pré-eleitoral, é um dos motivos do sentimento de incerteza no setor. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave