San Lorenzo goleia e fica perto da final da Libertadores

Time argentino não tomou conhecimento do adversário e aplicou 5 a 0, praticamente se garantindo na decisão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Juan Mercier of Argentina's San Lorenzo celebrates after scoring against Bolivia's Bolivar during a Copa Libertadores semifinals first-leg soccer match in Buenos Aires, Argentina, Wednesday, July 23, 2014. (AP Photo/Natacha Pisarenko)
AP
Juan Mercier of Argentina's San Lorenzo celebrates after scoring against Bolivia's Bolivar during a Copa Libertadores semifinals first-leg soccer match in Buenos Aires, Argentina, Wednesday, July 23, 2014. (AP Photo/Natacha Pisarenko)

Depois do recesso para a disputa da Copa do Mundo no Brasil, as semifinais da Copa Libertadores começaram nesta semana, sem a presença de clubes brasileiros pela primeira vez desde 1991, e San Lorenzo e Nacional, do Paraguai, saíram na frente. Especialmente o time argentino, que aplicou uma sonora goleada contra o Bolívar e está mais perto da decisão.

Nesta quarta-feira, no lotado estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, o time do papa Francisco levou os seus torcedores à loucura com a goleada por 5 a 0 na equipe boliviana, a primeira de seu país a chegar a uma semifinal da Libertadores. Os gols argentinos foram marcados por Emanuel Mas (duas vezes), Mauro Matos, Juan "Pichi" Mercier e Julio Buffarini.

Para a partida da volta, na quarta que vem, na altitude de 3.600 metros de La Paz, o San Lorenzo terá uma larga vantagem para se classificar à decisão e lutar pelo título inédito. Pode perder por até quatro gols de diferença. Se marcar, obrigará o Bolívar a vencer por seis gols de vantagem. Um novo 5 a 0, desta vez para os bolivianos, levará a decisão para a disputa por pênaltis.

Na outra semifinal, disputada na terça, o Nacional saiu na frente ao bater o Defensor, do Uruguai, por 2 a 0, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Os gols foram de Brian Montenegro e Derlis Orué. A volta, em Montevidéu, será na próxima terça.