Rede fica longe da candidatura do PSB

O ambientalista não poupa críticas à candidata a vice-presidente Marina Silva

iG Minas Gerais | Lucas Pavanelli |

Tarcísio Delgado ainda não conseguiu conquistar o apoio da Rede
ASCOM / DIVULGACão - 19.7.2014
Tarcísio Delgado ainda não conseguiu conquistar o apoio da Rede

Um acerto entre militantes da Rede Sustentabilidade em Minas e o candidato do PSB ao governo, Tarcísio Delgado, pode não estar tão “avançado”, como ele disse nessa terça. Para o ambientalista Apolo Heringer, que foi pré-candidato do PSB ao governo, o processo que culminou na escolha de Tarcísio gerou “constrangimento” entre os militantes da Rede, que estão divididos quanto ao apoio ao candidato socialista.

“O processo foi viciado. Criou-se uma situação de constrangimento que inviabiliza o apoio a ele. Com isso, houve um esfriamento generalizado da Rede.”

O ambientalista não poupa críticas à candidata a vice-presidente Marina Silva. “A decisão que Marina tomou com Eduardo Campos desprestigiou a Rede em Minas. Se eu tivesse tido apoio dela, Eduardo cederia”, acredita Apolo.

Tarcísio visitou o ambientalista, mas, de acordo com Apolo, eles não conversaram sobre eleições. “O Tarcísio não é corrupto, mas isso não quer dizer que ele tenha proposta. É um cara da velha guarda, que não traz novidade nenhuma. Essa era a diferença que a gente esperava que a Rede fizesse”, conclui. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave