Lucro líquido do Grupo Pão de Açúcar cresce 26%

Companhia Brasileira de Distribuição também registrou crescimento de 9,5% nas "mesmas lojas", ou seja, nas unidades que já estão em funcionamento há pelo menos 12 meses

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Companhia Brasileira de Distribuição (CBD), holding que detém o Grupo Pão de Açúcar, teve um crescimento de 26,3% no lucro líquido ajustado durante o segundo trimestre de 2014, somando R$ 407 milhões.

As receitas também tiveram alta, de 12,8%, e totalizaram R$ 16.8 bilhões. A CBD também registrou crescimento de 9,5% nas "mesmas lojas", ou seja, nas unidades que já estão em funcionamento há pelo menos 12 meses.

Com a redução de despesas operacionais de suas empresas em 2% no período, o Grupo Pão de Açúcar registrou crescimento de 21,1% no Ebitda ajustado, que somou R$ 1,155 bilhão.

Por sua vez, a margem do Ebitda ajustado subiu 0,5 pontos porcentuais decorrente de ganhos de margem na Via Varejo e nas redes Pão de Açúcar e Extra, segundo relatório.

O balanço financeiro do grupo foi divulgado nesta quarta-feira (23), após o encerramento das negociações na Bovespa.

Novas Lojas

Parte do resultado foi impulsionado pela abertura de novas lojas das bandeiras do grupo. Nos últimos 12 meses, foram 112 novas unidades.

No segmento alimentício, a receita líquida obteve crescimento de 14,5% com a inauguração de 19 lojas. Dessas, 15 foram minimercados Extra. A CBD também abriu um novo supermercado do Pão de Açúcar, uma unidade da Assaí e uma drogaria.

Nos últimos 12 anos, o Grupo Pão de Açúcar também abriu 11 novas lojas da Assaí, das quais três foram no primeiro semestre desse ano.

Segmentos

O resultado favorável foi impulsionado em grande parte pelo crescimento de 31% nos lucros das empresas do ramo alimentício do grupo, que incluem os supermercados Pão de Açúcar e Extra, além de drogarias, uma atacadista e um shopping. Juntas, as companhias tiveram lucro líquido de R$ 224 milhões.

As vendas nas redes Pão de Açúcar e Extra também cresceram no segundo trimestre do ano. Juntas, elas tiveram alta de 14% nas receitas brutas, somando R$ 7 bilhões.

O destaque no segmento alimentício do grupo, contudo, foi registrado pela Assaí Atacadista. A rede, que em 2007 foi comprada pelo Grupo Pão de Açúcar, viu suas receitas brutas subirem 34,7%, o que representa um ganho de mais de R$ 500 milhões em vendas no período.

"A expansão (da Assaí) em regiões estratégicas como o Nordeste continua a ser foco desse formato, que já conta com a presença de 12 lojas (mais de 15% do total de lojas)", afirma o documento.

Já a Via Varejo, que dobrou seu lucro líquido no trimestre, e a Nova Pontocom, consideradas integrantes de outro segmento dentro do grupo, tiveram juntas um crescimento de 20,9% no lucro líquido trimestral ante ao mesmo período de 2013, totalizando R$ 183 milhões.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave