São Paulo atrasa pagamento dos direitos de imagem

Acertos de maio e junho ainda não foram feitos, mas a diretoria do Tricolor promete resolver a situação até sexta-feira

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Aidar disse que São Paulo também já perdeu jogadores e não é traidor
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Aidar disse que São Paulo também já perdeu jogadores e não é traidor

Apontado como modelo de administração no futebol brasileiro, o São Paulo está devendo parte do pagamento dos atletas. Os chamados direitos de imagem, pagamento "por fora" da legislação trabalhista, estão atrasados. A reportagem conversou com fontes do clube que confirmaram que ninguém recebeu os vencimentos de junho e que parte do elenco ainda não viu cair o pagamento de maio. Enquanto isso, porém, o salário registrado na carteira de trabalho segue em dia.

A diretoria são-paulina tentou manter o assunto em sigilo enquanto trabalhava para resolver a situação. Ficou combinado que os acertos serão feitos até sexta-feira e que todas as pendências serão resolvidas. E o clube não falaria oficialmente sobre o assunto.

Questionado nesta quarta-feira pela reportagem, o diretor financeiro do São Paulo, Osvaldo Vieira de Abreu, negou que o clube esteja em débito com os jogadores e disse que os direitos de imagem de julho serão pagos durante o mês.

"Não tem nada disso, estamos em dia com todos os compromissos. Maio e junho estão pagos e julho só não foi depositado ainda porque o mês tem 30 dias e podemos fazer isso até o fim do mês, mas definitivamente não há nenhum atraso", defendeu o diretor financeiro.

O São Paulo tem uma das folhas salariais mais caras do futebol brasileiro. O elenco estelar, que conta com nomes como Kaká, Luis Fabiano e Alexandre Pato, consome quase R$ 10 milhões por mês em salários.

Leia tudo sobre: sao paulosalariosdireito de imagemaidaratrasocrise