Adolescente assassina, fica sete dias apreendido e tenta matar de novo

Autoridades de Ubá, na Zona da Mata, lutam agora para encontrar uma vaga para internar o menor infrator

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Jovem de dezessete anos matou homem no dia 28 de maio e tentou matar novamente nesta terça-feira (22)
Polícia Civil/Divulgação
Jovem de dezessete anos matou homem no dia 28 de maio e tentou matar novamente nesta terça-feira (22)

Um adolescente de 17 anos que já havia sido apreendido no fim de maio deste ano por cometer um homicídio, foi detido mais uma vez nesta terça-feira (22), em Ubá, na Zona da Mata, após tentar matar outro homem. Na primeira vez, o rapaz ficou sete dias recolhido e foi solto por falta de um estabelecimento adequado na cidade.

Segundo as informações da  Delegacia Especializada de Investigação Antidrogas e Homicídios, o jovem identificado apenas como Miguel Ângelo foi baleado na praça Getúlio Vargas, mas sobreviveu aos ferimentos. Após patrulhamento, a Polícia Militar (PM) do município conseguiu localizar Edmar Welerson Calixto Fernandes e o menor ainda próximos ao local do crime. 

A dupla foi encaminhada para a delegacia, onde o delegado Rafael Gomes de Oliveira interrogou os suspeitos, conseguindo a confissão do adolescente da tentativa de homicídio. Com base no depoimento do menor, foi possível que a Polícia Civil localizasse e apreendesse um revólver calibre 38 usado no crime. 

"Nossa equipe já realizou a apreensão deste adolescente no dia 28 de maio por ter executado um rapaz conhecido como 'Feijão.' Na época representamos pela internação dele, que ficou recolhido durante sete dias e foi liberado pela ausência de um estabelecimento adequado em nossa cidade. Devo frisar que o adolescente tem diversas passagens por homicídio", disse o delegado Oliveira.

Ainda conforme o policial, a corporação representará nesta quarta-feira pela internação do menor. "Vamos nos reunir com outras autoridades a fim de localizar uma vaga para este garoto, uma vez que ele representa perigo imensurável à sociedade", finalizou o policial.

Leia tudo sobre: adolescentematatenta matarapreendidosete dias detidoubázona da mata