Em momento turbulento, Ney Franco deixa o comando do Flamengo

Segundo o Rubro-Negro, decisão pela saída do treinador foi tomada em comum acordo entre as partes

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Ney Franco também admitiu que não conseguiu alcançar seu objetivo com mudanças na equipe
Flamengo/Divulgação
Ney Franco também admitiu que não conseguiu alcançar seu objetivo com mudanças na equipe

Ney Franco não é mais treinador do Flamengo. A informação foi confirmada, oficialmente, pelo Rubro-Negro,  nesta quarta-feira, por meio de uma nota publicada pelo clube em seu site oficial. De acordo com o time, a decisão pela saída do treinador foi tomada em comum acordo entre as partes, em reunião realizada nesta manhã. Junto dele, deixam também o Flamengo o preparador-físico Alexandre Lopes e o auxiliar-técnico Éder Bastos. A saída do técnico já era esperada em função da crise vivida pelo clube carioca na temporada, escancarada com o episódio de violência da torcida rubro-negra contra o lateral-esquerdo André Santos, no último domingo. Desde que assumiu o cargo, Ney Franco não conseguiu uma vitória com o Flamengo. Em sete jogos no Brasileirão, foram quatro derrotas e três empates. O mau desempenho na competição, inclusive, colocou o Rubro-Negro na lanterna do Nacional, com apenas sete pontos somados em 11 rodadas. Para o lugar de Ney, o nome que surge com maior força, no momento, é o de Vanderlei Luxemburgo.

Confira a nota divulgada pelo Flamengo, na íntegra: "Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (23/07), Ney Franco deixou o cargo de treinador do Flamengo, após sete partidas disputadas no Campeonato Brasileiro. A decisão foi tomada em conjunto com o clube. Ney agradeceu a oportunidade de comandar o clube de maior torcida do mundo e disse confiar na recuperação do time. Além dele, o preparador-físico Alexandre Lopes e o auxiliar-técnico Éder Bastos também deixam o clube".

Leia tudo sobre: flamengoney francodeixatimecomandotecnico