Incêndio suspende atendimento em pronto-socorro de Jardinópolis

A unidade teve as atividades suspensas na manhã desta quarta (23) e 16 pacientes tiveram que ser transferidos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um incêndio na manhã desta quarta-feira (23) atingiu a sala de raio-x do pronto-socorro de Jardinópolis (329 km de São Paulo). Um funcionário da unidade passou mal por ter inalado a fumaça. A unidade teve as atividades suspensas na manhã desta quarta (23) e 16 pacientes tiveram que ser transferidos, seis deles para Ribeirão Preto (313 km de São Paulo).

De acordo com a secretária de Saúde, Vânia Capeli, o incêndio foi provocado por uma pane na processadora de raio-x, por volta das 7h. O que causou o defeito ainda não foi identificado.

No entanto, segundo Vânia, o equipamento era antigo e a prefeitura já havia aberto uma licitação para comprar equipamentos de raio-x mais novos para o pronto-socorro.

O fogo, que atingiu apenas a sala de raio-x, foi contido em cerca de 40 minutos pelos bombeiros. Ainda de acordo com a secretária, pacientes foram transferidos e as atividades interrompidas por determinação do Corpo de Bombeiros. Como o equipamento contém produtos químicos, a fumaça  - que é tóxica - formada no incêndio poderia fazer com que pacientes passassem mal.

"Ninguém ficou ferido, só um funcionário que ajudou os bombeiros a chegar até o local passou mal por ter inalado a fumaça", disse Vânia. Ela afirmou que a unidade deve retomar os atendimentos no período da tarde.

Jardinópolis tem apenas um pronto-socorro para atendimento emergencial. A unidade realiza de 300 a 400 atendimentos por dia. As pessoas que precisam de atendimento de emergência estão sendo transferidas para outras unidades.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave