Candidatos somam mais de 30 mil quilômetros em viagens

Políticos de oposição, Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB), pela ordem, foram os que mais rodaram até agora

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Neste início oficial da campanha presidencial deste ano, os três principais concorrentes à Presidência já percorreram mais de 31 mil quilômetros nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, Sul e Nordeste do País, segundo mapeamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Candidatos de oposição, Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB), pela ordem, foram os que mais rodaram até agora. Desde 6 de julho, a petista Dilma Rousseff fez viagens como presidente da República.

Os dados levam em conta a distância vetorial - isto é, em linha reta - entre as cidades pelas quais cada candidato passou até agora. Mapas no portal Estadão.com.br mostram o deslocamento dos três presidenciáveis.

Abaixo dos 10% nas pesquisas de intenção de voto, Campos percorreu 11,9 mil km até agora, quase três vezes a distância entre o Oiapoque (AP) e o Chuí (RS). Estagnado nas pesquisas e desconhecido de parte do eleitorado, o candidato do PSB começou sua campanha em Águas Lindas de Goiás, região carente próxima a Brasília. Campos também passou por cinco Estados do Nordeste - em especial por Pernambuco, Estado do qual foi governador - , e hoje passou por três cidades no interior paulista.

As viagens de Aécio até hoje somam 10 mil km, a maior parte no Sudeste. O tucano passou oito vezes pelo Rio, cidade onde vive com a família, e duas por Belo Horizonte, capital do Estado do qual foi governador e que hoje representa no Senado.

Dilma fez menos viagens que seus adversários e percorreu 9,6 mil km de 6 de julho até ontem, aproximadamente 10 vezes a distância em linha reta entre São Paulo e Brasília.

Desde 6 de julho, a presidente cumpriu agenda oficial no Rio, onde assistiu à final da Copa, no dia 13, no Ceará, na reunião dos Brics, e no Rio Grande do Sul, onde foi à posse da diretoria da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs) e a Uruguaiana, cidade atingida por enchentes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave