“O próximo governante tem que fazer as reformas”

Laércio Cosentino Presidente da Totvs

iG Minas Gerais | Helenice Laguardia |

Atualmente, como você avalia o mercado?  

Acho que, agora, com a finalização da Copa do Mundo, o Brasil retoma o crescimento.

A Copa foi boa para a Totvs?

Para o setor de software, não gerou nenhum benefício porque muita coisa que tinha que ser fechada em termos de tecnologia na Copa, foi fechada lá fora. As empresas brasileiras de tecnologia pouco se apropriaram disso.

E o que esperar das eleições?

Acho que o próximo governante tem que encarar de frente e fazer as reformas para que o Brasil se torne cada vez mais produtivo. O 7x1 (placar do jogo Alemanha e Brasil) não é problema do Felipão, é problema do Brasil. Caíram três viadutos em 90 dias – em São Paulo, em Belo Horizonte. Não é normal que um país que quer buscar infraestrutura tenha eventos dessa maneira.

Qual é a lição do 7x1?

Tem que servir de alerta não só para o futebol, mas para o país: aquilo que a gente fazia bem feito, com jeitinho, com ginga, que pouca gente sabia fazer, o mundo inteiro já sabe. Está na hora de realmente ter um plano de país do que nós queremos ser daqui dois, cinco, dez, 20 anos e colocar tudo isso em prática.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave