Ofensiva militar já matou 146 crianças

A grande maioria dos mortos palestinos são civis

iG Minas Gerais |

Tel Aviv. Um total de 146 crianças palestinas – 18 delas somente durante o dia dessa terça – morreram desde que Israel começou, há 15 dias, a ofensiva militar contra o território palestino de Gaza, confirmou nessa terça a Unicef, o organismo das Nações Unidas para a proteção da infância.

Até hoje morreram ao menos 586 palestinos (o número pode chegar a 612, dependendo da fonte da informação). A grande maioria dos mortos palestinos são civis. Dos menores mortos pelos ataques israelenses, 97 eram meninos e 49 meninas, com idades que variavam entre 5 meses e 17 anos, segundo os dados do Unicef. Pelo menos 1.100 outras crianças ficaram feridas, acrescentou o órgão.

O Escritório de Assuntos Humanitários da ONU descreveu como “devastadora” a situação para a população Faixa de Gaza, um território de altíssima densidade demográfica, com 4.500 pessoas por quilômetro quadrado. “Literalmente, não há um espaço que seja seguro para os civis”, destacou o porta-voz, Jens Laerke.

Do lado israelense, foram 29 mortes, sendo 27 militares e dois civis. Não há divergências sobre o número de israelenses mortos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave