Flamengo nega rescisão contratual de André Santos

Jogador revelou que tinha sido desligado pela manhã, mas clube divulgou nota desmentindo a informação: "estamos analisando"

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

André Santos ainda não está pronto para estrear pelo Flamengo
Divulgação / Flamengo
André Santos ainda não está pronto para estrear pelo Flamengo

Algumas horas depois de André Santos revelar que teve seu contrato rescindido pelo Flamengo, o clube divulgou uma nota oficial, na tarde desta terça-feira, para desmentir a informação. Segundo a diretoria flamenguista, a situação do jogador ainda está sendo analisada, depois de ele ter sido agredido por torcedores no último domingo.

De acordo com a versão contada por André Santos, o diretor executivo do Flamengo, Felipe Ximenes, lhe avisou na manhã desta terça-feira sobre o seu desligamento. "Cheguei para trabalhar no meu clube e recebi um comunicado do diretor executivo que meu contrato estava rescindido", contou o lateral, cujo vínculo iria até agosto de 2015. "Fiquei muito surpreso", completou.

Depois, porém, o clube carioca divulgou uma nota para desmentir a versão do jogador. "O Flamengo esclarece que o referido contrato não foi rescindido, permanecendo totalmente em vigor", diz um trecho do comunicado. "A diretoria do clube está analisando, juntamente com o jogador e seu representante, todo o ocorrido até o momento, visando uma solução que seja adequada tanto para o atleta quanto para o Flamengo", prossegue o texto.

No último domingo, após a derrota por 4 a 0 para o Inter em Porto Alegre, resultado que manteve o Flamengo na lanterna do Brasileirão, André Santos sofreu com a fúria de alguns torcedores na saída do Beira-Rio. Ele foi agredido com socos e chutes quando tentava se dirigir a uma van para deixar o estádio já que tinha sido liberado para ir embora sozinho, sem a companhia do restante do elenco - iria passar a folga em Florianópolis.  

Leia tudo sobre: flamengoandre santoslateralcontratorescisão