Bernardinho critica formação de atletas no vôlei brasileiro

Treinador destacou superação na Liga Mundial, mas não deixou de ressaltar situação da modalidade no país

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Técnico brasileiro revela erros, mas crê em boa atuação contra a França
CBV - DIVULGAÇÃO
Técnico brasileiro revela erros, mas crê em boa atuação contra a França
No desembarque da seleção brasileira de vôlei, no Rio de Janeiro, após o vice-campeonato da Liga Mundial, o técnico Bernardinho criticou a formação de jogadores para a modalidade no país. Ele comparar com a dos Estados Unidos, que foram os campeões.    “Eles (EUA) têm uma quantidade de atletas enormes, o vôlei é jogado nas universidades, têm um número fantástico de jogadores, onde eles podem recrutá-los para a cada quatro anos, estar pensando nos ciclos olímpicos. A grande questão não é comparar as duas equipes, mas comparar todo um sistema de esportes, de formação de atletas, ou seja, tudo que acontece onde eles têm uma vantagem enorme”, disparou Bernardinho.    O Brasil agora começa a pensar no Campeonato Mundial, que começa no dia 30 de agosto, na Polônia.    O levantador Bruninho comentou a perda da Liga Mundial, mas admitiu que o foco maior esta na próxima competição. “Lógico que a gente queria o título, mas isso não vai tirar nossa motivação e a nossa vontade de trabalhar na preparação para o Mundial, que é o nosso objetivo principal dessa temporada”, comentou. 

Leia tudo sobre: BernardinhovôleiMundialseleçãoBrasilformaçãoatletasLiga MundialEUA