Crise na Ponte Preta não ilude Adilson Batista no Vasco

Vascaínos acreditam em partida dura em Campinas pelo torneio nacional

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O treinador Adilson Batista conduziu um treino técnico com os jogadores nesta sexta e depois comandou um rachão descontraído.
MARCELO SADIO/ VASCO.COM.BR
O treinador Adilson Batista conduziu um treino técnico com os jogadores nesta sexta e depois comandou um rachão descontraído.

Há três jogos sem vencer (duas derrotas e um empate), a Ponte Preta caiu para o 10º lugar na Série B do Brasileiro e ficou sem técnico - Dado Cavalcanti deixou o cargo na segunda-feira e, por enquanto, será substituído interinamente por Jorge Parraga. Mas nada disso ilude o técnico Adilson Batista para a partida que o Vasco faz nesta quarta, em Campinas, pela Copa do Brasil. "O adversário tem mais tradição do que os outros que já enfrentamos. A mudança de treinador pode fazer com que eles apresentem algo diferente do que nos acostumamos a ver nas últimas partidas", disse Adilson Batista, lembrando que o Vasco, antes de encarar a Ponte Preta a partir desta quarta-feira, passou por Resende e Treze nas fases anteriores desta edição da Copa do Brasil. "Sabemos a importância de um gol fora de casa. Se der para vencer, melhor ainda, pois teremos ainda mais tranquilidade para o jogo de volta", afirmou Adilson Batista, que terá a Ponte Preta pela frente três vezes seguidas - os outros compromissos são pela Série B, no sábado, e novamente pela Copa do Brasil, na quarta-feira que vem. "Temos uma sequência de jogos contra eles e estou bastante tranquilo, pois trabalho que realizamos foi muito bom."

Leia tudo sobre: Copa do BrasilVascoPonte Pretarodadaquarta-feirafutebol