Em apresentação, Dunga alfineta antiga comissão técnica brasileira

No período de preparação para o Mundial do Brasil, Parreira afirmou que a seleção brasileira de Scolari já 'estava com uma mão na taça

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |


Treinador terá seu nome oficialmente anunciado pela CBF na próxima terça (22)
Divulgação
Treinador terá seu nome oficialmente anunciado pela CBF na próxima terça (22)

Ele está de volta. Após quatro anos distante, Dunga reassumiu, nesta terça-feira, o comando da seleção brasileira. Em sua entrevista coletiva, com duração exata de uma hora, o comandante privou pela cordialidade, uma tentativa clara de extirpar as rusgas com a imprensa, fruto de sua primeira passagem pelo selecionado verde e amarelo. Mas, em alguns momentos, respostas um tanto que 'apimentadas' foram direcionadas ao trabalho de Luiz Felipe Scolari, Parreira e cia.

"Tiveram várias coisas boas do trabalho que foi executado na Copa, outras que precisam ser modificadas. Temos que buscar primeiro o resultado, o trabalho dentro de campo para que todo o marketing em torno da seleção brasileira, dos jogadores, seja sustentado", afirmou Dunga.

"Não podemos vender a ilusão de que vamos ganhar a Copa antes de tudo começar. Existem adversários que melhoraram muito e é um orgulho ganhar da seleção da seleção brasileira. O futebol mudou. Nós já fomos os melhores", completou o treinador, em clara alusão às palavras ditas por Carlos Alberto Parreira, antigo coordenador técnico da seleção.

No período de preparação para o Mundial do Brasil, o treinador do tetracampeonato afirmou que a seleção brasileira de Scolari já 'estava com uma mão na taça'.