Empresas já estão aptas a exportar

iG Minas Gerais |

A JBS tem cinco frigoríficos já autorizados a vender carne para a China. Ficam em Barra do Garças (MT); em Lins, Andradina e Barretos (SP) e em Mozarlândia (GO). Também estão autorizados o frigorífico Minerva, que também fica em Barretos; o MFB Marfrig, localizado em Alegrete (RS) e o Marfrig Global Foods, situado em Promissão, também em São Paulo. 7

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informa que, entre os critérios para se credenciar como vendedor de carne para a China, está a localização dentro de zona livre de febre aftosa. A China exige também que os animais não sejam tratados com promotores de crescimento, tais como ractopamina e o zilpaterol.

Ainda segundo o Mapa, no acumulado do ano, de janeiro a junho de 2014, os maiores compradores da carne brasileira foram Hong Kong, Rússia e Venezuela. “As exigências variam de país para país, mas todos pedem que os estabelecimentos sejam habilitados pelo MAPA a exportar”, diz o ministério, por meio de nota.

Em Minas Gerais, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) informa que a indústria inspecionada pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) recebe o selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi). “Pois o órgão estadual foi equiparado ao federal, pelo próprio ministério, quanto à inspeção da qualidade da produção animal”, explica Bruno Oliveira, assessor técnico de pecuária da Seapa. O Sisbi padroniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave