José Padilha pode amar o Rio

Arquidiocese carioca volta atrás e permite imagem do Cristo Redentor em filme

iG Minas Gerais |

Censurado. Curta dirigido por Padilha havia sido excluído de “Rio, Eu te Amo” após veto da igreja católica fluminense
tv cultura / divulgação
Censurado. Curta dirigido por Padilha havia sido excluído de “Rio, Eu te Amo” após veto da igreja católica fluminense

Depois da proibição que inviabilizou a inclusão do curta “Inútil Paisagem”, dirigido por José Padilha para o longa “Rio, Eu te Amo”, a Arquidiocese do Rio de Janeiro voltou atrás e não irá se opor ao uso da imagem da estátua do Cristo Redentor na produção. Segundo o comunicado recebido pelos produtores, “o Vicariato para a Comunicação Social e a assessoria de imprensa entendeu que o episódio não visou interesse religioso no trato à imagem do Cristo Redentor, portanto não houve desrespeito ao Cristo ou à religião católica”. Apesar do prazo apertado – o filme estreia no Brasil em 11 de setembro – os produtores esperam poder incluir o curta na versão para os cinemas nacionais. Além de Padilha, “Rio, Eu te Amo” conta com episódios dirigidos por Fernando Meirelles e Paolo Sorrentino.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave