Princípio de rebelião é registrado em presídio militar no RJ

No final da manhã desta segunda-feira (21), detentos provocaram distúrbios no interior do presídio, que abriga policiais militares envolvidos em crimes e delitos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Princípio de rebelião em presídio militar no Rio mobiliza Batalhão de Choque
Google/ Maps
Princípio de rebelião em presídio militar no Rio mobiliza Batalhão de Choque

Um princípio de rebelião na Unidade Prisional da Polícia Militar, antigo Batalhão Especial Prisional (BEP), deixou apreensivos moradores do entorno da unidade, no bairro de Benfica, zona norte do Rio de Janeiro. No final da manhã desta segunda-feira (21), detentos provocaram distúrbios no interior do presídio, que abriga policiais militares envolvidos em crimes e delitos.

O Batalhão de Choque foi chamado para controlar a situação, que começou por causa da insatisfação de alguns policiais presos contra a possível transferência para o Complexo Penitenciário de Bangu, em Gericinó, zona oeste da cidade.

Em nota, Polícia Militar confirmou a insatisfação dos presos, mas afirmou que a transferência de uns dos detentos já havia ocorrido.

“A Corregedoria Interna da Polícia Militar foi acionada para a Unidade Prisional nesta segunda-feira, em função da transferência determinada pelo Poder Judiciário de um ex-policial militar para Bangu, que está sendo contestada por alguns presos. Mesmo com o movimento, o ex-PM já foi transferido. O Batalhão de Choque reforça a segurança no local e as negociações com outros presos estão em andamento”, informou a assessoria da corporação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave