Mulher é morta com oito tiros depois de ser agredida por cigana

Vítima seria amante do marido da agressora; disparos foram feitos por um homem que fugiu

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Uma mulher de 28 anos foi morta com oito tiros no fim da tarde desse domingo (20), depois de discutir com uma cigana em um bar, em Itaúna, no Centro-Oeste do Estado. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu no bairro Nogueira Machado e suspeito é um homem, ainda não identificado, que também seria cigano. Ele entrou no estabelecimento e atirou na vítima, que morreu antes da chegada do socorro.

Pouco antes, ela havia sido agredida fisicamente pela cigana, que a acusava de ter um caso com seu marido. A vítima foi atingida no tórax e na perna. Outra mulher que estava no bar também foi atingida na perna, sem gravidade.

Após o crime, os suspeitos fugiram em um carro. Mais tarde, o carro foi encontrado pela PM, mas o suspeito não estava nele. Os ocupantes do veículo foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para prestar depoimento.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Leia tudo sobre: crimeciganociganamulhermortaitaúna