Bolt volta às pistas em agosto e correrá em Copacabana

Na capital fluminense, o velocista jamaicano marcará presença no evento chamado de "Mano a Mano"

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Ainda sem ter estreado nesta temporada por causa de uma lesão no pé que impediu a sua preparação ideal para os eventos deste primeiro semestre, Usain Bolt anunciou oficialmente que irá retornar às competições em agosto, para quando confirmou a sua participação em quatro eventos. E um deles será realizado na praia de Copacabana, no Rio, onde pelo segundo ano consecutivo fará uma prova de exibição em uma pista montada no local.

Na capital fluminense, o velocista jamaicano marcará presença no evento chamado de "Mano a Mano", em 17 de agosto, onde correrá uma prova dos 100 metros. No ano passado, no mesmo local, ele venceu uma disputa de 150 metros. Antes disso, o astro irá abrir a sua temporada nos Jogos da Commonwealth, em Glasgow, na Escócia, onde competirá nos 4x100m, nos dias 1 e 2.

Já para o dia 23 de agosto ele confirmou participação em uma competição em Varsóvia, na Polônia, antes de fechar o mês, no dia 28, na etapa de Zurique da Diamond League, na Suíça. Nesta duas competições, ele disputará a prova dos 100 metros.

No início de junho, Bolt chegou a dizer que ainda não sabia quando poderia voltar a competir. Na ocasião, cancelou a sua participação no Meeting de Ostrava, na República Checa, e da etapa de Paris da Diamond League por alegar que a lesão no seu pé o impediu de treinar como gostaria para estar suficientemente competitivo.

Antes de cancelar participação nesses eventos, Bolt havia fixado como principal objetivo neste ano superar a sua marca mundial dos 200 metros, que é de 19s19. Recordista mundial também dos 100 metros, o jamaicano ficou com o ouro nas provas dos 100, 200 e dos 4x100m do Mundial de Moscou, sendo que ele ainda ganhou as mesmas três provas nos Jogos Olímpicos de 2008 e 2012 e no Mundial de 2009.

A longo prazo, Bolt ainda mira conquistar novos feitos históricos nos Mundiais de Atletismo de 2015, em Pequim, e de 2017, em Londres, além do tricampeonato olímpico nos Jogos do Rio, em 2016.

Leia tudo sobre: boltcorridario de janeirovoltatemporadajamaicano