Vídeo mostra confissão de crime de Bernardo

O depoimento foi registrado no mesmo dia em que o corpo da criança foi encontrado

iG Minas Gerais |

Porto Alegre. Um vídeo gravado pela Polícia Civil mostra o depoimento de confissão da assistente social Edelvania Wirganovicz na participação do assassinato do menino Bernardo Boldrini, 11, no Rio Grande do Sul, em abril deste ano. Ela é amiga da madastra de Bernardo, Graciele Ugulini, apontada como mandante e executora do crime. Durante o interrogatório, a mulher conta os detalhes que fundamentam parte das provas usadas pelo Ministério Público Estadual (MPE) na denúncia.

O depoimento foi registrado no mesmo dia em que o corpo da criança foi encontrado. Na gravação, a ré diz que a madrasta do menino, Graciele Ugulini, “deixou entender” que também matou por interesse financeiro e que o pai, Leandro Boldrini, não saberia do plano, mas, segundo ela, “daria graças no futuro”, pela consumação do homicídio. A confissão de Edelvania foi essencial para que os quatro primeiros suspeitos fossem presos, ainda durante o período das investigações.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave