Levir assume responsabilidade pelo empate e culpa falta de ritmo

Treinador do Galo não gostou da postura do time em parte do jogo contra o Bahia, mas prometeu nova atitude diante do Lanús-ARG

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Levir quer colocar sua cara no time e explorar o máximo do potencial dos jogadores
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Levir quer colocar sua cara no time e explorar o máximo do potencial dos jogadores

O empate do Atlético com o Bahia, nesse sábado, em pleno Independência, teve mesmo sabor de derrota para o técnico Levir Culpi, que atribuiu o marasmo do time alvingro em campo à falta de condicionamento físico dos jogadores – que ficaram mais de um mês em treinamento na intertemporada durante a Copa do Mundo.

Apesar da condição ainda longe do ideal, o treinador garantiu que para a final de quarta-feira, contra o Lanús-ARG, na disputa da Recopa Sul-Americana, tanto a postura quanto a capacidade da equipe será melhor.

“Eles (jogadores) ficaram abafadíssimos no final do jogo. Por conta da sequência de jogos. Tivemos uns cinco jogadores que não estavam jogando normalmente. Isso pesa no aspecto físico do time. Na quarta-feira, chegaremos com o time preparado fisicamente. Temos dois dias de recuperação. Posso garantir que eles chegarão bem”, avaliou.

Em sua anállise do jogo, Levir lamentou que o Galo tenha se omitido quando o adversário não representava perigo e apenas cozinhava o jogo. Apesar da postura dos jogadores, o treinador chamou a responsabilidade pelo tropeço para si.

“O que aconteceu, que foi meio chato, é que o Bahia não estava atacando. Estava fazendo o tempo passar. Não entendi o motivo que nós acompanhamos o ritmo deles. Em casa, a gente tinha que forçar. Mas o responsável sou eu. Não esperava que desse esse resultado. A responsabilidade é minha”, disse.

O próximo desafio do Galo poderá dá-lo mais um título internacional. O time mineiro enfrenta o Lanús-ARG no Mineirão, 22h de quarta-feira, e precisará apenas empatar para o ficar com a taça, já que venceu o jogo de ida, na Argentina, por a 1 a 0, na semana passada. Pelo Brasileirão, o Atlético volta a campo só domingo que, contra o Sport, na Ilha do Retiro.

Leia tudo sobre: levir culpitecnicoatleticogaloempate