Corinthians confia em Guerrero contra Vitória na Bahia

Atacante voltou a ser decisivo e é a principal esperança de gols para o Timão neste domingo, em jogo que pode colocar o time mais perto do topo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Guerrero marcou novamente e deu a vitória ao Timão
CORINTHIANS/DIVULGAÇÃO
Guerrero marcou novamente e deu a vitória ao Timão

Paolo Guerrero, o herói do título mundial, começou o ano na reserva, deu a volta por cima e voltou a ser decisivo para o Corinthians, que neste domingo enfrenta o Vitória, às 16 horas, no estádio Barradão, em Salvador, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O bom momento do time de Mano Menezes fez com que o atacante reencontrasse o seu futebol, além de mostrar que ele pode ser bem mais do que um pivô.

O peruano foi um dos destaques na vitória sobre o Internacional, na última quinta-feira, a primeira do time no estádio Itaquerão, em São Paulo. Fez um dos gols e participou do lance que ocasionou o segundo com o lateral-direito Fagner. O gol foi fruto de posicionamento novo do atacante, que joga aberto pelo lado esquerdo.

“Conversei com o Mano, acho que ele não gostava de jogar com um pivô e eu tive de me acostumar com o que ele queria. Hoje vejo que muitos times jogam sem pivô, sem um 9 fixo, todos mudaram. O futebol é assim”, disse Guerrero.

A parte tática e as mudanças que Mano Menezes fez na equipe com a chegada de reforços ajudaram Guerrero, autor de três gols no Campeonato Brasileiro. O atacante revelou uma das razões de ter perdido espaço no time no início do ano: ele estava fora de forma e acima do peso ideal. “No Paulistão foi bem difícil, cheguei (na pré-temporada) com uns quilos a mais, subi muito de peso. Não me cuidei nas férias. Bati 89 quilos, agora estou com 83 e me sinto muito bem”.

Guerrero não é o único jogador que evoluiu fisicamente, segundo a comissão técnica. A parada para a Copa do Mundo serviu para corrigir problemas da pré-temporada, principalmente a falta de tempo para trabalhar antes do início do Campeonato Paulista. Mano Menezes disse após a vitória diante do Internacional que a maioria de seus jogadores corre, durante o jogo, cerca de 1.200 metros a cada 10 minutos, com base em dados da preparação física.

O treinador deve manter a equipe para o jogo no Barradão. Guerrero fará dupla de ataque com Luciano. No meio de campo, Elias continua como titular, apesar da atuação apenas regular contra o Internacional. Neste Brasileirão, o Corinthians ainda não perdeu como visitante. Foram dois empates e duas vitórias - a última delas: 4 a 1 em cima do Sport, no Recife (antes da Copa do Mundo). Agora o time já sonha com voos mais altos.  

Leia tudo sobre: corintiansguerreroatacantevitoriafutebol