Grêmio vence Figueirense fora de casa e entra no G4

Com 19 pontos, ocupa o quarto lugar, empatado na pontuação com São Paulo e Corinthians, que vêm à frente

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Jogadores do Grêmio comemoram um dos gols da vitória sobre o Esportivo
Reprodução/Site Oficial Grêmio
Jogadores do Grêmio comemoram um dos gols da vitória sobre o Esportivo

Depois de quatro jogos sem balançar as redes, o Grêmio pressionou e venceu o Figueirense por 1 a 0 no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 11ª rodada do Brasileirão. Os times não se enfrentavam desde 2012 - última vez que o catarinense esteve na série A. Depois de um gol logo aos 3 minutos, o Figueirense tentou buscar o empate, mas teve um jogador expulso e o placar se manteve até o apito final.

O resultado colocou o time gaúcho dentro do G4 da tabela. Com 19 pontos, ocupa o quarto lugar, empatado na pontuação com São Paulo e Corinthians, que vêm à frente. O líder é o Cruzeiro, com 22. Já o Figueirense segue com sete pontos, ainda dentro da zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi de domínio do Grêmio, que começou com uma formação compacta, pressionando as saídas de bola do alvinegro. Logo no início, o visitante avançou com Alan Ruiz, após um escanteio de Luan, que bateu de direita pelo lado de fora das redes. O Figueirense respondeu na sequência com uma jogada de perigo. Kléber pegou o rebote da meia esquerda e chutou de primeira, forte, por cima da meta de Grohe.

No entanto, a marcação adiantada do Grêmio funcionou e, aos 3 minutos, Giuliano abriu o placar em uma tabela com Alan Ruiz, após a bola tocar no rosto do zagueiro Thiago Heleno, do Figueirense. Com liberdade, o meia finalizou com categoria. Foi o primeiro gol do jogador com a camisa do clube gaúcho.

Antes do intervalo, o confronto perdeu velocidade e teve muitos passes errados. O Figueirense não conseguiu pressionar e, em um lance de falta, o meia Alan Ruiz quase ampliou para a equipe gaúcha com um balão da meia direita.

No segundo tempo, Figueirense voltou com duas substituições. Fortaleceu o meio-campo com o volante Nem e o ataque com Everaldo. Mesmo assim, Grêmio continuou forte nas saídas de bola e evitou os contra-ataques do time catarinense. Para piorar a situação do alvinegro, o zagueiro Thiago Heleno foi expulso aos 18 minutos após chutar o meia Alan Ruiz.

Com um jogador a mais, Grêmio valorizou a posse de bola, mas não conseguiu traduzir em chances de gol. Em um erro da lateral do Figueirense, aos 37, o tricolor teve o melhor lance da partida no segundo tempo. Alan Ruiz dominou na frente da área e deixou o atacante Lucas Coelho livre. Porém bateu mal e desperdiçou o lance, que morreu na linha de fundo.

Nos minutos finais, o Figueirense até conseguiu um escanteio perigoso na área gremista, mas o goleiro Marcelo Grohe pegou com segurança e garantiu o triunfo.

Leia tudo sobre: grêmiocampeonato brasileiro