Maxi Biancucchi é substituído por irmão no Bahia em BH

Meia Emanuel Biancucchi deve começar a partida contra o Atlético, neste sábado, na Arena Independência

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Os irmãos Emanuel Bianccuchi  e Maxi Bianccuchi são destaque da equipe baiana
Reprodução Facebook
Os irmãos Emanuel Bianccuchi e Maxi Bianccuchi são destaque da equipe baiana

Após o decepcionante retorno ao Campeonato Brasileiro, na derrota por 2 a 0 para o São Paulo, em Salvador, na última quarta-feira, o Bahia deve ter mudanças para enfrentar o Atlético Mineiro neste sábado, às 18h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 11.ª rodada. E a que mais chamou a atenção nos treinos foi a entrada do meia Emanuel Biancucchi no time titular, na vaga que era ocupada pelo irmão, o atacante Maxi Bianccuchi. Emanuel deve fazer a função de ligar o meio de campo ao ataque do time, o que não existiu na partida contra o São Paulo, na qual o Bahia atuou com três volantes no meio e três atacantes, na tentativa de explorar contra-ataques. "A substituição é natural", disse o meia. "Somos irmãos, mas no clube somos companheiros de elenco". Além de Emanuel, o técnico Marquinhos Santos ensaiou o time com outras três substituições: o volante Uelliton no lugar de Wilson Pittoni, por opção técnica, o atacante William Barbio na vaga de Rhayner, que sentiu um incômodo muscular e é dúvida para a partida, e o goleiro Marcelo Lomba, que volta de suspensão e reassume a vaga de titular, ocupada por Douglas Pires contra o São Paulo. Com oito pontos, o Bahia é o primeiro time fora da zona de rebaixamento do Brasileirão.