Henrique destaca espírito vencedor e pés no chão da equipe celeste

Raposa tenta se manter na liderança do Brasileiro neste domingo, quando enfrenta o Palmeiras, às 16h, no Pacaembu

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Uniforme do Cruzeiro foi apresentado há cerca de uma, e pode ser
Gualter Naves/Light Press
Uniforme do Cruzeiro foi apresentado há cerca de uma, e pode ser "vetado" pela CBF

Além da qualidade do Cruzeiro, que enfrenta o Palmeiras neste domingo, às 16h, no Pacaembu, em São Paulo, destaca-se ainda no time celeste o foco que mantém a estabilidade da equipe mesmo em um campeonato longo como o Brasileirão. A regularidade exibida em 2013 vem se repetindo em 2014, o que coloca a Raposa como uma das grandes favoritas à conquista do título.

Segundo o volante Henrique, o fato de a agremiação estrelada ter mantido os três pontos de vantagem para o segundo colocado não fará de forma alguma o time relaxar. “O espírito é sempre de vencer. Não é porque temos três pontos na frente que vamos jogar pra perder. Quem pensa assim é perdedor. Nós somos atletas e pensamos sempre na vitória. Apesar das dificuldades, temos condições de ir lá (no Pacaembu) e trazer a vitória”, declarou.

O volante revelou que nem mesmo os elogios da imprensa nacional, que coloca o Cruzeiro como favorito para conquistar o tetra, fazem os jogadores tirarem os pés do chão. “Depende da forma como as pessoas veem esses elogios. Nós (jogadores) vemos com naturalidade. Quem sempre brigar na liderança será apontado como favorito. Mas o campeonato é longo, são muitos jogos, e sabemos que o futebol hoje não é fácil. Isso (de favoritismo), fica pro pessoal de fora. Aqui dentro, sabemos como é difícil ganhar o Brasileiro. Por isso, temos que manter o foco para seguir na liderança”, analisou.

O discurso na Toca também está em sincronia, já que o técnico Marcelo Oliveira também descarta o favoritismo estrelado. “Sempre é muito bom ter o trabalho do Cruzeiro reconhecido, é um trabalho em conjunto. O Cruzeiro não é favorito, mas é um candidato. Mostrou isso no ano passado e neste ano está mostrando também”, disse o treinador.

Leia tudo sobre: cruzeirohenriqueraposapalmeirasporcoverdãocampeonato brasileiro