Game de Viçosa quer ajudar a alfabetizar crianças com diversão

Ferramenta pensa em quem tem necessidades especiais

iG Minas Gerais | Janine Horta |

“Turma do Lilo”. Jogo é voltado para crianças de 3 a 5 anos e é grátis, só precisa de cadastro prévio
Jungle Digital Games/Divulgação
“Turma do Lilo”. Jogo é voltado para crianças de 3 a 5 anos e é grátis, só precisa de cadastro prévio

Falar a linguagem da criança, propondo uma brincadeira que, ao mesmo tempo, divirta e eduque. Essa é a proposta da Jungle Digital Games, empresa residente no Parque Tecnológico de Viçosa, na Zona da Mata, que está desenvolvendo um game voltado para a alfabetização de crianças a partir de 12 anos, e também adultos.

A ideia tem apoio financeiro do Pró-Inovação, linha de crédito criada pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em conjunto com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) para apoiar projetos inovadores. O game em questão está sendo feito a partir do jogo “Turma do Lilo”, criado pela Jungle Digital Games e voltado para crianças de 3 a 5 anos portadoras de necessidades especiais (www.turmadolilo.com.br). O acesso é grátis, o usuário só tem que se cadastrar.

“Na verdade podemos dizer que o Lilo é um game que pode ser jogado por todas as pessoas, e não somente pelas que são portadoras de necessidades especiais. Ele tem recursos de som e imagens que permitem a todas as pessoas interagir, é um jogo inclusivo. Já o novo jogo que vamos criar para alfabetização a partir do Lilo talvez tenha outro nome, mas seguirá a mesma linha de acessibilidade”, explica o diretor executivo da Jungle, Igor Guadalupe.

Em teste. A Jungle Digital Games está testando outro jogo recém-criado, chamado “O Mito da Caverna” (www.omitodacaverna.com.br). Ele é voltado para escolas, baseado nos parâmetros curriculares, para uso dos professores. Mais que divertir, ele gera relatórios de desempenho dos alunos. “O jogo é uma ferramenta que ajuda o professor a estar preparado para entrar no mundo da criança, que já vem para a escola sabendo usar a tecnologia. Estamos colocando-o para teste gratuitamente, para sentir a aceitação. E já há escolas em Belo Horizonte, Viçosa e até no Mato Grosso adotando esse recurso”, diz Guadalupe. “O Mito da Caverna” foi premiado na Brasil Game Show, maior feira de games da América Latina, como melhor jogo educativo de 2011.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave