Tradição e conforto na neve

Sede dos jogos mundiais de esqui em 1966, a estação é pródiga em atividades de aventura durante o inverno

iG Minas Gerais | Emanuel Alencar |

Piscina aquecida e jacuzzis em meio à neve são prazerosas atividades après-ski na pioneira estação de Portillo
Emanuel Alencar/Agência O Globo
Piscina aquecida e jacuzzis em meio à neve são prazerosas atividades après-ski na pioneira estação de Portillo

A viagem a Portillo começa com um pernoite em Santiago. Na van que faz o traslado Santiago-Portillo somos surpreendidos pela beleza da estrada Paso Los Libertadores, rumo à fronteira com a Argentina. O asfalto é lisinho, mas chamam a atenção as plantações de uvas, com as parreiras todas secas após o período de colheita. Os arbustos formam um interessante desenho no horizonte.

Uma hora de viagem e começamos a ver os primeiros vestígios de neve. Para chegar a Portillo é preciso vencer ainda 29 curvas fechadíssimas — todas devidamente indicadas por placas —, sempre com um olho na estrada e outro nos pesados caminhões que trafegam com incrível desenvoltura pela pista. O motorista sobe com firmeza, cortando as montanhas, vestígios do que restou dos trilhos da Ferrocarril Transandina.

Após duas horas, chegamos a Portillo. O saguão está agitado, com o vaivém dos hóspedes. De cara, nos deparamos com Radska, a simpática cadela são-bernardo e mascote do hotel. Como a cidade mais próxima, Los Andes, está 69 km distante, o centro de esqui tem de tudo. Piscina aquecida e duas jacuzzis, boate, cinema, sala de recreação, quadra poliesportiva, bar e salão de jogos.

Interação

O living é onde brasileiros, chilenos, norte-americanos, neozelandeses e franceses conversam amistosamente antes e depois das refeições – se não estiverem entretidos com seus tablets e notebooks. Nessa área comum com decoração rústica e muita madeira para criar um clima aconchegante, a internet é veloz, mas, em alguns quartos, a conexão inexiste.

Não demora muito para descobrirmos que Portillo é um bom programa também para crianças. A creche custa US$ 9 por hora, para pequenos de até 3 anos. São diversas atividades, como descer elevações cobertas de neve sentado numa boia, a coqueluche do momento. Os fãs de Portillo elogiam o clima intimista e o fato de as 34 pistas de esqui serem normalmente mais vazias do que as de Valle Nevado, outra famosa estação do Chile.

Os quartos virados para a incrível Laguna del Inca, com a cordilheira dos Andes ao fundo, valem cada centavo. Com 3,5 km de extensão, a lagoa está rodeada de colinas que se cobrem de gelo no inverno. Nenhum dos quartos têm TV, por filosofia da família Purcell, que comanda Portillo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave