Irmão acusados de matar rival e outras duas pessoas vão a júri popular

Julgamento do crime, que aconteceu em agosto de 2012, acontecerá na próxima terça-feira (22); um dos envolvidos na execução foi julgado em 2013; quarto acusado já faleceu

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O julgamento dos dois irmãos acusados de matar três pessoas e ferir outras duas dentro do bar Viola Encantada, no bairro São Geraldo, região leste de Belo Horizonte, acontece na próxima terça-feira (22), às 13h, no 1º Tribunal do Júri da capital.

De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP), em agosto de 2012, L.B.O. e J.P.S.F e outros dois comparsas entraram no estabelecimento comercial atirando com a intenção de executar a vítima V.L.S.S., que disputava com eles o tráfico de drogas no bairro Boa Vista. Eles acertaram o rival com diversos disparos e atingiram também outras vítimas que estavam dentro e nas imediações do bar. No local, cerca de 200 pessoas assistiam a um show de pagode. Após os disparos de submetralhadora e de pistola automática, as pessoas correram apavoradas, tentando se refugiar no chão, no banheiro ou saindo do bar. Ainda de acordo com a denúncia, os réus e seus companheiros foram para o bar em duas motocicletas. A rivalidade se acentuou porque V.L.S.S havia assassinado o irmão de um dos réus, que também já havia matado outros comparsas da gangue rival. Outro envolvido nos assassinatos, P.G.M., foi julgado em novembro do ano passado em Belo Horizonte, já que seu processo foi desmembrado. Ele foi condenado a 23 anos e quatro meses de prisão em regime inicialmente fechado. O quarto envolvido no crime já faleceu. A sessão do júri popular será presidida pelo juiz Carlos Henrique Perpétuo Braga. O Conselho de Sentença será formado por sete jurados que serão sorteados dentre os 21 que devem estar presentes no início da sessão.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave