Com quadro grave, Zito segue internado em Santos

Ex-jogador, ídolo do Peixe, permanece na UTI Neurológica da Santa Casa de Santos após sofrer um AVC

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O ex-volante e capitão do Santos Zito segue internado na UTI Neurológica da Santa Casa da Misericórdia de Santos, após sofrer um acidente vascular cerebral hemorrágico na quinta-feira. Um dia depois da internação, ele segue com quadro grave, porém estável. "E não deve passar por nenhuma cirurgia", registrou o boletim médico divulgado nesta sexta.

De acordo com os médicos, José Ely de Miranda, mais conhecido como Zito, deve ter alta no fim de semana. "O paciente está acordado, e, embora tenha momentos de confusão, já conseguiu reconhecer os familiares", informou o boletim, sobre o paciente de 81 anos.

Natural de Roseira (SP), Zito iniciou a carreira no Taubaté (SP) e se transferiu para a Vila Belmiro em 1952, tendo disputado 720 jogos e marcado 57 gols pelo Santos. Ele foi um dos destaques da seleção brasileira nas conquistas das Copa do Mundo de 1958, na Suécia, e de 1962, no Chile.

Entre os jogadores do maior do time do Santos da história, no fim dos anos 50, década de 60 e início da de 70 do século passado, Zito era chamado de Gerente, o único com autoridade para dar bronca em qualquer companheiro, inclusive em Pelé.

Depois de encerrar a carreira em 1967, Zito continuou ligado ao Santos e durante os 10 anos da administração de Marcelo Teixeira descobriu Robinho, Neymar e Gabriel, entre muitos talentos que levou para a base do clube.

Leia tudo sobre: zitosantosavcidolomedicointernadosaude