Jefferson defende jovem Andrey após gol do meio-campo

Titular da meta botafoguense pediu para que responsabilidade da derrota não seja atribuída ao garoto

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Andrey estreava pelos profissionais e, até momento do gol, mostrava uma atuação segura
VITOR SILVA/ SSPRESS
Andrey estreava pelos profissionais e, até momento do gol, mostrava uma atuação segura

O goleiro Jefferson saiu em defesa do reserva Andrey nesta sexta-feira, dois dias depois de o reserva levar um gol do meio-campo, na partida em que o Botafogo foi derrotado pelo Sport, pelo Brasileirão. Andrey, que completou 21 anos na quinta substituiu o titular, que ganhou folga no início da semana depois de estar integrado à seleção brasileira na Copa do Mundo.

"Acho que temos que ver pelos dois lados. O Andrey é um goleiro novo, de muita personalidade e que sempre jogou um pouco adiantado desde a base. Não podemos tirar o mérito do atacante, foi perfeito e poucos fazem um gol desses", disse Jefferson, referindo-se ao gol marcado por Neto Baiano.

Para o experiente goleiro, o gol sofrido servirá de lição ao reserva. "Serviu para o Andrey amadurecer com esse episódio e não podemos jogar a responsabilidade no garoto de 21 anos. O Andrey fez uma grande partida e o mérito foi do Neto Baiano. Falei para ele levantar a cabeça", avaliou Jefferson.

O titular disse ainda que Andrey não deve mudar seu estilo, de jogar mais adiantado, apesar do gol sofrido na quarta. "Hoje praticamente todos os goleiros jogam adiantados, mas tem que saber a hora. Falei para o Andrey não mudar o seu jeito de jogar só por causa do gol que sofreu. Na minha visão, pelo que vi do gol, não tinha a necessidade de estar tão adiantado. Disse para ele não mudar sua maneira de jogar e que tem uma baita carreira pela frente", disse Jefferson.

Depois da folga, o goleiro retornará ao time titular do Botafogo neste sábado para o jogo contra o Coritiba, em Volta Redonda.

Leia tudo sobre: botafogojeffersongoleiroandreyfutebol