'Nunca vi tanto dinheiro na minha vida', afirma Rodrigo Janot

Procurador-geral da República não sabe precisar se o montante sob suspeita é ainda maior que o estimado pela polícia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Nunca vi tanto dinheiro na minha vida, diz Janot da Operação Lava Jato
MPF/Divulgação
Nunca vi tanto dinheiro na minha vida, diz Janot da Operação Lava Jato

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, está surpreso com o volume de recursos e quantidade de destinos e destinatários investigados pela Operação Lava Jato, deflagrada em março pela Polícia Federal.

"Nunca vi tanto dinheiro na minha vida e vou morrer sem ver", disse Janot, durante café da manhã com jornalistas, nesta sexta-feira (18). A PF estima que o esquema de lavagem de dinheiro comandado por doleiros movimentou aproximadamente R$ 10 bilhões.

O procurador não sabe precisar se o montante sob suspeita é ainda maior que o estimado pela polícia. No entanto, ele definiu o esquema como "robusto" e o comparou com o caso Banestado - que movimentou nos anos 1990 cerca de US$ 30 bilhões por meio das chamadas contas CC-5, usadas para remessa de grandes somas ao exterior. Assim como a Lava Jato, o esquema no Banestado começou a ser investigado no Paraná.

"Vamos aguardar as investigações para que a gente possa quantificar esse caso", disse nesta sexta.

Além do volume de recursos envolvidos, que mais impressionou Janot foi o fato do dinheiro ter sido usado em atividades diversas como campanha eleitoral, corrupção, tráfico de drogas e até contrabando de diamantes.

Apesar de políticos estarem na lista de investigados por participarem do esquema, Janot não acredita que as apurações impactem de "maneira negativa" nas eleições.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave