Último episódio de "Two and a Half Men" terá proposta de casamento gay

Desfecho da série estrelada por Ashton Kutcher promete surpreender os fãs; protagonistas podem se casar para adotar uma criança

iG Minas Gerais | GUILHERME ÁVILA |

Alan (Jon Cryer) e Walden (Ashton Kutcher) devem se casar para adotar uma criança
CBS/Divulgação
Alan (Jon Cryer) e Walden (Ashton Kutcher) devem se casar para adotar uma criança
A série de humor "Two and a Half Men" será encerrada com um casamento gay entre os protagonistas. De acordo com a presidente da CBS, canal que exibe o programa nos Estados Unidos, o último episódio reservará uma grande piada de despedida para os fãs: Walden, personagem de Ashton Kutcher, irá pedir Alan, vivido por Jon Cryer, em casamento para poder adotar uma criança.    "Walden vai passar por um grande susto, uma experiência de quase morte. A situação envolverá sua saúde e isso o deixará em crise existencial. E ele vai querer encontrar uma maneira de adicionar mais significado à sua vida. Então ele decide adotar uma criança, começa o processo e percebe que é muito difícil a adoção sendo um homem solteiro e heterossexual", confirmou Nina Tassler.    O desfecho da 12ª temporada tem estreia marcada para dia 30 de outubro. Atualmente, "Two and a Half Men" é a comédia que permanece há mais tempo no ar nos EUA. Sua estreia foi em 22 de setembro de 2003, com Charlie Sheen no elenco. Ainda nesse ano, a emissora Warner, que exibe o seriado no Brasil, volta a exibir episódios inéditos, entre setembro e novembro.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave