Maicosuel não se importa com mudanças no time e elogia colegas

Mago vê Guilherme com a mesma qualidade de passe que Ronaldinho, e projeta meio-campo mais técnico com entrada de Eduardo

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Jogador chegou no fim de maio e já vai conquistando o seu espaço na equipe de Levir
Atlético/Divulgação
Jogador chegou no fim de maio e já vai conquistando o seu espaço na equipe de Levir

O Atlético entrará em campo neste sábado, contra o Bahia, com uma equipe mista, já pensando na partida de volta da Recopa Sul-Americana, diante do Lanús-ARG, na quarta-feira. Acionado para o duelo deste fim de semana, o meia Maicosuel garante não se importar em atuar com um time recheado de reservas, e aproveita a deixa para elogiar os seus companheiros de Atlético.

No meio campo, Levir não terá o suspenso Pierre e resolveu poupar Leandro Donizete. As duas vagas ficarão com o jovem Eduardo e o veterano Josué.

“A gente treina todo dia, sabe da qualidade dos jogadores. Josué, Pierre e Donizete, todos têm a mesma característica. O Eduardo é um pouco mais técnico, joga com cabeça levantada”, disse Maicosuel.

Já no setor ofensivo, Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli também serão preservados contra o Bahia, na Arena Independência, com Guilherme e Dátolo sendo acionados alternando as funções de armação e ataque. Para Maicosuel, nada muda, principalmente devido à característica e técnica dos substitutos.

“O Guilherme vem, ergue a cabeça e coloca na cara do gol, igual ao Ronaldinho. Para mim é normal, não vai mudar quase nada”, completou.

A partida entre Atlético e Bahia terá início às 18h30 deste sábado, no Gigante do Horto.

Leia tudo sobre: MaicosuelAtleticoGalo