Nibali vence e fica perto do título da Volta da França

Italiano aumentou a sua vantagem na liderança ao abrir mais três minutos e meio de frente para o segundo colocado

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O italiano Vincenzo Nibali venceu, nesta sexta-feira, a 13ª etapa da Volta da França, no momento em que a disputa atingiu os Alpes, e aumentou a sua vantagem na liderança ao abrir mais três minutos e meio de frente para o segundo colocado na classificação geral.

Nibali ganhou pela terceira vez uma etapa desta edição da Volta da França, em uma disputa extenuante, com um percurso de 197,5 quilômetros entre Saint-Étienne e Chamrousse, um resort de esqui.

Quando faltam oito etapas, Nibali tem 3min37 de vantagem para o espanhol Albejandro Valverde, que alcançou o segundo lugar aproveitando a derrocada do australiano Richie Porte, que perdeu muito terreno na primeira de duas etapas pelos Alpes, com uma dura subida final.

Porte, que passou a liderar a equipe Sky depois que o britânico Chris Froome, vencedor da Volta da França no ano passado, sofreu uma queda e teve de abandonar na quinta etapa, perdeu mais de oito minutos e está praticamente fora da disputa pelo título.

Nibali, que fez uma prova muito sólida e cerebral, cruzou a linha de chegada sozinho, dez segundos à frente do polonês Rafal Majka. O alemão Leopold Koning foi o terceiro. Ambos, porém, estavam muito atrás na classificação geral e não representavam nenhuma ameaça para o italiano.

Valverde cruzou a linha de chegada em quarto lugar, a 50 segundos do vencedor, e assumiu o segundo lugar na classificação geral. Porém, Nibali aumentou a sua vantagem na liderança. "Hoje eu me propus a conseguir alguns segundos de vantagem. Tentando fazer isso, terminei ganhando", comentou Nibali.

Após o dia ruim de Porte, o francês Romain Bardet subiu para o terceiro lugar, a 4min 24 de Nibali, seu compatriota Thibault Pinot para o quarto e o norte-americano Tejay van Garderen para o quinto.

A 14ª etapa da Volta da França será disputada neste sábado, em um trecho montanhoso de 177 quilômetros entre as cidades de Grenoble e Risoul.

Leia tudo sobre: volta da françanibalivantagemdisputa