Brasil perde para o Irã, e resultado elimina a Rússia da Liga Mundial

Com a vitória por 3 sets a 1, iranianos chegaram a quatro pontos e terminaram na liderança da chave

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Partida no Nelson Mandela Forum, em Florença, na Itália, durou 1h e 56 minutos
REPRODUÇÃO FACEBOOK CBV
Partida no Nelson Mandela Forum, em Florença, na Itália, durou 1h e 56 minutos

O ginásio Nelson Mandela Forum, na cidade italiana de Florença, recebeu, nesta sexta-feira, um confronto de equipes em situações distintas. A seleção brasileira já entrou em quadra classificada. A vitória sobre a Rússia por 3 sets a 1 foi suficiente para garantir a vaga nas semifinais da Liga Mundial. Do outro lado, um time que precisava vencer para se classificar. E foi o que o Irã fez.

Com 1h e 56 minutos, a seleção do oriente médio voltou a ser superior ao Brasil e venceu por 3 a sets. O resultado acarretou uma sequência de fatos: avanço às semifinais, o que eliminou a poderosa Rússia, além da liderança do Grupo I, com quatro pontos. O Brasil ficou para trás, com três.

O jogo.  A seleção brasileira começou com uma formação diferente da que venceu a Rússia, na última quinta-feira. Sidão deu lugar à Éder, e o jovem Lucas Lóh também começou o duelo. Como o passe brasileiro não estava nos melhores dias, o iranianos aproveitaram e venceram o primeiro set por 25 a 21. O ponteiro Ghafour, o maior pontuador do jogo com 23 pontos, já se destacava no confronto.

Já no segundo, a seleção asiática voltou a aproveitar a pouca inspiração brasileira e voltou a impor boa vantagem na parcial, Lucarelli, maior pontuador brasileiro, com 17 acertos, até tentou colocar o time de Bernardinho no set, mas o placar foi fechado em um 25 a 19.

No que poderia ser o último set do jogo, as duas equipes abusaram dos erros, tanto no passe como na recepção. O oposto Wallace começou a desequilibrar, e o Brasil foi no ritmo do atleta para fechar a parcial em 25 a 23.

O quarto set serviu para o técnico Bernardinho experimentar outros dois atletas, Leandro Vissotto e o levantador Rapha foram para a quadra. O equilíbrio marcou o encerramento do confronto, que terminou com a vitória do Irã por 28 a 26 e o triunfo por 3 sets a 1.

As duas equipes agora aguardam o jogo entre Itália e Austrália, que será na tarde desta sexta, e vai definir os duelos das semifinais. Caso confirme a liderança do Grupo H, os donos da casa, os italianos, entraram no caminho do Brasil.

 

Leia tudo sobre: VôleiLiga MundialBrasilIrãclassificado