Estudantes espanhóis criam garrafa d’água comestível

Especialistas acreditam que essa pode ser a a solução contra o acúmulo de plásticos no mundo; bolha que reveste a água pode ser furada com os dentes

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Garrafa d’água comestível pode contribuir com o meio ambiente.
Reprodução/Youtube
Garrafa d’água comestível pode contribuir com o meio ambiente.

Três estudantes espanhóis criaram uma garrafinha de água comestível, feita com algas marinhas e cloreto de sódio. Eles tiveram a ideia já que  80% de todas as garrafinhas de água do mundo não são recicladas.

A invenção consiste em uma bolha com uma membrana de resistência média que pode ser furada com os próprios dentes. Para chegar ao conceito, os estudantes se basearam no método culinário de “esferificação”, criado em 1946 e utilizado para transformar líquidos em esferas. A água é congelada e os cubos são cobertos pela membrana.

O custo do processo é extremamente baixo em comparação ao ao plástico das garrafas e pode chegar a apenas dois centavos de dólar por bolha.

Ainda não existe uma previsão de comercialização porque que a invenção requer cuidados específicos e especiais de consumo, transporte e armazenamento adequado.

O projeto recebeu o nome de Oooho e foi o vencedor do concurso anual Lexus Design Award. Confira o vídeo e entenda melhor como seria a garrafa d’água comestível. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave