Turista americano é encontrado morto na floresta da Tijuca

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para identificar a causa da morte; Equipes estão, neste momento, em diligências para investigar o caso

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O corpo do norte-americano Max Mendoza, 25, foi encontrado por bombeiros na trilha da Cachoeira das Almas, no Parque Nacional da Tijuca, no Rio, na madrugada desta sexta-feira (18).

Os bombeiros do batalhão do Alto da Boa Vista, próximo ao parque, foram acionado por volta de 0h25 desta sexta (18). Além de Mendoza, duas outras pessoas foram resgatadas sem ferimentos, segundo a corporação, que não informou os nomes delas.

Policiais do 6º BPM (Tijuca) também participaram da ocorrência, que foi registrada na 19ª DP (Tijuca). Em nota, a delegacia informou que as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias da morte. A polícia também ouviu três pessoas, entre elas, as duas que acompanhavam Mendoza no parque.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para identificar a causa da morte. Equipes estão, neste momento, em diligências para investigar o caso.

De acordo com a administração do parque, em informações repassadas à policia, Mendoza acessou o local perto do horário do fechamento e pretendia acampar na floresta. Ao que tudo indica, ele e os outros dois se conheceram ali. Os gestores do parque suspeitam que Mendoza tenha caído de algum ponto alto durante o passeio.