Fifa revoga suspensão aplicada à Federação Nigeriana

Entidade tomou a decisão após o governo da Nigéria retirar a ação judicial que impedia o presidente da NFF e os membros do seu comitê executivo de dirigirem o órgão africano

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Fifa voltou atrás e revogou punição à Nigéria
Reprodução/Twitter
Fifa voltou atrás e revogou punição à Nigéria

A Fifa anunciou que revogou nesta sexta-feira a suspensão que havia aplicado à Federação Nigeriana de Futebol (NFF), no último dia 9, por causa de ingerências na sua administração. O organismo que controla o futebol mundial tomou a decisão após o governo da Nigéria retirar a ação judicial que impedia o presidente da entidade e os membros do seu comitê executivo de dirigirem o órgão africano.

A suspensão anunciada na semana passada proibia a Nigéria de participar de qualquer partida internacional, assim como a manutenção da pena impediria a equipe feminina do país de disputar o Mundial Sub-20, entre 5 e 24 de agosto. Na ocasião, a Fifa havia estabelecido a última terça-feira como prazo final para os nigerianos resolverem os seus problemas internos e administrarem a NFF de acordo com as exigências do estatuto da entidade mundial.

A Fifa aplicou a punição à Nigéria depois da eliminação do país nas oitavas de final da Copa do Mundo. Após a queda diante da França na competição, o governo nigeriano resolveu retirar o poder do presidente da NFF, Aminu Maigari, e do seu comitê executivo por não terem resolvido um problema relativo ao pagamento dos jogadores durante o Mundial.

Após interferir na administração da NFF, as autoridades nigerianas declararam que realizariam novas eleições para definir os novos membros da entidade, que passou a ser comandada de forma provisória por um funcionário indicado pelo ministro do Esporte local. Para completar, Maigari ainda foi preso em seu retorno ao País após a Copa realizada no Brasil. A Fifa, porém, disse que não reconheceria as decisões tomadas pelo governo e deu um prazo para que Maigari fosse restituído, pois o seu estatuto exige que associações filiadas sejam administradas de forma independente e sem interferência de terceiros.

Leia tudo sobre: futebolnigeriafifapunicaoesporterevogada