Wesley reclama da postura tática do time do Palmeiras

Para o volante palmeirense, o que faltou foi definir melhor qual seria a prioridade da equipe no duelo: marcar ou atacar

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Palmeiras perdeu para o Santos por 2 a 0, em jogo que marcou a estreia do técnico Ricardo Gareca, e decepcionou seus torcedores. No final do clássico, os atletas palmeirenses admitiram surpresa com a postura do time, que demonstrou boa evolução durante os treinamentos, mas não repetiu a atuação nessa quinta-feira, na Vila Belmiro. Para o volante Wesley, o que faltou foi definir melhor qual seria a prioridade tática.

"Acho que, taticamente, a gente não definiu se marcava ou atacava. Mas isso a gente pode corrigir com trabalho", disse o volante, que também pediu para a direção do clube a contratação de reforços. "Vamos ver o que a diretoria vai fazer para trazer reforços, porque é natural chegar jogadores para nos ajudar", disse Wesley, deixando claro que vê a necessidade de novas opções para Gareca.

Além da derrota, o Palmeiras perdeu o volante Marcelo Oliveira (que nessa quinta-feira jogou como lateral-esquerdo) e o próprio Wesley para a partida contra o Cruzeiro, domingo, no Pacaembu. Os dois receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão na próxima rodada do Brasileirão.

Leia tudo sobre: wesleyreclamaposturapalmeirasbrasileiro