Azul suspende rota entre Juiz de Fora e Confins

Fim é por causa da inviabilidade econômica por causa da falta de passageiros, segundo nota da empresa aérea

iG Minas Gerais | da redação |

undefined

Os voos diretos da Azul Linhas Aéreas na rota entre Juiz de Fora, na Zona da Mata, e o aeroporto de Confins vão ser suspensos a partir do dia 14 de setembro.

O motivo, segundo a companhia aérea informou em nota oficial, é o baixo movimento de passageiros, que estava “tornando a sustentação do voo economicamente inviável”.

Os voos aconteciam entre o aeroporto de Confins e o Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco, localizado entre os municípios de Rio Novo e Goianá, a cerca de 50 quilômetros de Juiz de Fora. Desde abril deste ano, a companhia não opera diretamente na cidade, no Aeroporto Municipal Francisco Álvares de Assis – conhecido como aeroporto de Serrinha–, que não realiza mais voos comerciais.

Na época, a Azul informou que a decisão foi tomada após análises criteriosas e que o Aeroporto Itamar Franco tem melhores condições de infraestrutura aeroportuária, o que contribui com maior segurança às operações, sobretudo com o início do inverno.

A companhia continuará a disponibilizar voos diários neste aeroporto, com destino a Campinas, em São Paulo, “onde é possível realizar uma série de conexões para mais de 50 destinos em todo o país, inclusive Confins”, disse em nota.

Fim. Hoje, a conexão entre Belo Horizonte e Juiz de Fora conta com 20 voos semanais, sendo dez partindo da capital mineira e outros dez com origem na Zona da Mata. As viagens são realizadas em aeronaves modelo ATR-72-600, que possuem capacidade para transportar 68 passageiros.

Leia tudo sobre: AzulfimrotaJuiz de Fora