Alteração no INSS tramita no Congresso

Proposta segue depois para sanção presidencial

iG Minas Gerais |

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou na última terça-feira, em caráter conclusivo, projeto de lei que reduz a contribuição paga ao INSS pelo empregador e empregado doméstico. Para o empregador, a alíquota cai de 12% para 6% e, para o empregado, é fixada também uma alíquota única de 6% (hoje ela varia de acordo com o salário).

A proposta segue para sanção presidencial caso não haja recurso para que ela seja votada em plenário.

Leia tudo sobre: projetoempregadaCongresso