Mãe dá à luz dentro de carro em pátio de hospital

Fato ocorreu após pai errar a entrada da unidade de saúde; criança já está em casa

iG Minas Gerais | Dayse Resende |

Felicidade. 
Após o susto, família comemora a chegada do pequeno Mateus já no quarto do hospital
Felicidade. Após o susto, família comemora a chegada do pequeno Mateus já no quarto do hospital

 

Um parto inusitado surpreendeu médicos e funcionários do Hospital Regional na madrugada de sexta-feira (11): um bebê de quase três quilos nasceu dentro de um carro no estacionamento da unidade de saúde. Apesar do susto, a criança nasceu saudável.   A correria para o empresário Roney Rocha Junior, 33, começou por volta das 3h30, quando a mulher dele, Maria Júlia Vieira Brin, 30, o acordou dizendo que começava a sentir contrações. Os dois saíram correndo em direção à Maternidade Santa Fé, em Belo Horizonte, onde a médica de Maria Júlia havia feito todo o acompanhamento da sua gestação.   No entanto, Roney percebeu que não ia dar tempo de chegar antes que o pequeno Mateus viesse ao mundo. “Na hora em que a gente estava saindo de casa, ela disse que a bolsa tinha estourado. Quando eu já estava na Via Expressa, a caminho de BH, percebi que não ia dar tempo. A Maria Júlia gritava  muito de dor, aí retornei e fui para o Hospital Regional”, contou o pai.   Foi assim que, ao chegar ao hospital, Roney, na pressa, pegou a entrada errada e foi informado de que deveria fazer um retorno para acessar o local. Quando finalmente chegou à entrada, ele correu para chamar o enfermeiro, que disse que iria buscar uma cadeira de rodas para a gestante.   “Quando a gente ia tirar ela do carro, ela começou a gritar dizendo para não encostarmos nela que ela estava sentindo muita dor. Quando abrimos a calça dela, veio a surpresa. Nosso filho havia acabado de nascer e chorava muito, o que me deixou tranquilo, por saber que ele estava bem”, contou Roney, orgulhoso. A placenta foi retirada pela sogra dele, e, depois, a mãe e o bebê foram finalmente para o quarto.   Apesar do susto, Mateus já é o orgulho do irmãozinho, o pequeno Natan, de 5 anos. “Foi corrido, mas, no final, deu tudo certo. Estou muito feliz”, contou o pai, que, além de cortar o cordão umbilical, aproveitou para filmar e fazer as primeiras fotos do bebê. O casal planeja ter mais filhos. (Com Juliana Baeta)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave