Funcionários de linha de ônibus paralisam após sete assaltos seguidos

Os funcionários da linha 342 fizeram uma paralisação após assaltos em todos os dias da última semana pelo mesmo ladrão

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

BHTrans promete ação para evitar transtornos como os registrados ontem
FOTOS CRISTIANO TRAD
BHTrans promete ação para evitar transtornos como os registrados ontem

Motoristas e trocadores da linha 342 (Estação Barreiro/Solar) fizeram uma manifestação em frente à Estação Diamante, na região do Barreiro, em Belo Horizonte, e deixaram de circular durante parte da tarde desta quinta-feira (17) por conta de vários assaltos que vem acontecendo na última semana. 

Segundo as informações de um dos trabalhadores da linha, que preferiu não se identificar, eles decidiram paralisar após terem sido assaltados em todos os dias da última semana. "Os assaltos aconteceram na rua Warley Aparecido Martins, no bairro Solar. E o pior de tudo é que em todos eles era sempre o mesmo cara. Aí a gente cansou e resolveu pedir uma maior proteção", afirmou o funcionário. 

Na quarta-feira (16) o assalto teria sido cometido por volta do meio-dia. "Ficamos com medo, porque o cara não tem medo de assaltar o mesmo ônibus seguidas vezes. E ele tem uma arma grande, pois em um dos assaltos ela chegou a cair no chão e todos viram", garante o trabalhador.

Atenção maior da PM

Conforme militares do 41 º Batalhão da Polícia Militar (PM), o protesto contou com cerca de 15 pessoas, entre motoristas, trocadores e membros do sindicato, e teve início por volta das 15h. Assim que a corporação foi avisada de que o motivo era o grande número de assaltos, uma viatura foi até o local e iniciou o diálogo com o grupo. 

Apesar deles afirmarem que foram assaltados sete vezes na última semana, a PM conseguiu localizar apenas um registro de ocorrência envolvendo esta linha. A polícia acredita que parte dos assaltos podem não ter sido registrados pelas vítimas. Apesar disso, foi acertado que haveria uma atenção maior no trajeto dos coletivos para evitar novos crimes. Assim, a linha voltou a circular cerca de 1h depois. 

Leia tudo sobre: linha 342solarbarreiroassaltosmesmo ladrãoparalisação