Ressaca da Copa? Que nada!

O Mundial acabou, mas BH continua cheia de opções de lazer e cultura. Confira cinco programas para espantar a ressaca da Copa

iG Minas Gerais | Lucas Buzatti |

Ação  surgiu com o intuito de reforçar o show dos torcedores nas arquibancadas
PEDRO VILELA
Ação surgiu com o intuito de reforçar o show dos torcedores nas arquibancadas

Para muitos belo-horizontinos, 2014 foi um ano com dois carnavais. A Copa do Mundo trouxe não apenas goleadas memoráveis e jogos emocionantes para a capital mineira, como também diversos eventos e circuitos culturais. Mas a festa chegou ao fim: os alemães deram show, o Brasil não foi hexa e acabaram-se as noites agitadas na Savassi e na Praça JK, a Fan Fest, o Conexão BH, os churrascos e ‘butecadas’. “Fiquei por conta da Copa, tirei um mês de férias só para ver. Mesmo quando não tinha jogo em BH, a gente juntava os amigos, fazia churrasco ou ia para algum bar assistir às partidas. Estou órfão agora, só vendo a galera lamentando o 7X1 nos programas de esporte”, brinca o industriário Diego Borges, 32.

Mas engana-se quem pensa que as opções de lazer em BH morreram com o Mundial. A agenda cultural da cidade continua aquecida, com programas para todos os gostos - de exposições a festas, de ‘arraiás’ a festivais de inverno. Não faltam motivos para continuar celebrando, como lembra o DJ Richard Garrell, da festa Alta Fidelidade, que completa cinco anos de “100% vinil” neste sábado, 19 de julho. “O baile vai ser lindo! Discos novos, DJs convidados e um lugar super diferente e muito bacana”, convida.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave