Grêmio usará software analítico inspirado na Alemanha

Dispositivo fornecerá ao clube informações que ajudarão na avaliação da performance dos jogadores

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Grêmio lidera grupo da morte com seis pontos, mas aguarda fechamento da rodada 2
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Grêmio lidera grupo da morte com seis pontos, mas aguarda fechamento da rodada 2

O Grêmio, em parceria com a empresa alemã SAP, anunciou nesta quinta-feira a implantação de um novo método de gestão de desempenho de seus atletas. O clube foi o primeiro da América Latina a adotar o aplicativo baseado na tecnologia SAP HANA, que faz análise e processamento de dados em tempo real durante treinos e jogos, similar ao utilizado pela seleção da Alemanha na Copa do Mundo de 2014.

Formatado a partir do conceito "Big Data" - análise de dados em tempo real - o dispositivo fornecerá ao clube informações que ajudarão na avaliação da performance dos jogadores. A partir de chips utilizados nas caneleiras, que transmitirão dados para antenas postas em locais estratégicos, além de imagens realizadas a partir do ponto central do gramado, a comissão técnica e jogadores receberão as informações por meio de uma interface - um tablet, ou celular, por exemplo - que poderão auxiliar nas decisões na antes, durante e depois da partida.

"A capacidade de organizar um grande volume de dados em tempo real acelera o processo de análise em até 65 mil vezes. Será possível avaliar a formação tática, os deslocamentos, movimentações, o campo de visão do jogador e até mesmo a iluminação do estádio. O SAP HANA 'amarra' o dado estruturado. O Grêmio terá a mesma tecnologia disponibilizada para a seleção alemã, mas adequada às suas necessidades", explicou o Executivo Chefe de Inovação da SAP Labs Latin América, Daniel Duarte.

Segundo o executivo, a empresa já está em negociação com vários clubes e administradoras de arenas, que também querem adotar a medida. O time tricolor contará com um processo customizado exclusivo, já que o projeto ficará no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa, localizado em São Leopoldo, cerca de 35km de Porto Alegre.

O diretor executivo de futebol do Grêmio, Rui Costa, valoriza a inovação da gestão adotada, mas reconhece a defasagem dos que tomam as decisões no futebol. "Não há como estabelecer novos paradigmas sem que as pessoas se preparem para isso. A proposta é mais do que um software, mas sim um novo conceito de monitoramento de atletas que já acontece em outros esportes, e implementar uma mudança cultural a nossa realidade, que também passa pela capacitação de pessoas", avaliou o dirigente.

GESTÃO ADMINISTRATIVA - A parceria se estende a administração da instituição, não só para o futebol. O clube também implementará o software de gestão financeira, utilizados pelas maiores empresas do mundo. "Adotamos este sistema que vai proporcionar uma melhor interação e comunicação sobre os gastos. Balanços, lançamentos e movimentações poderão ser visualizados em tempo real. Identificamos esse problema que vem de muitos anos e agora estamos começando a corrigir", afirmou o vice-presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr.

APLICATIVO DO TORCEDOR - Um aplicativo gratuito voltado para os torcedores será disponibilizado, sendo que uma pesquisa será realizada para verificar as necessidades e interesses dos fãs. Nele poderão ser acessadas informações por meio de dispositivos móveis: visualização de estatísticas detalhadas dos atletas, realizar a compra de lanches - que poderão ser entregues no próprio assento, com a possibilidade de monitoramento do tempo que vai demorar o serviço -, e notificar a segurança possíveis brigas e confusões no estádio.

Leia tudo sobre: alemanhagremiofutebolsoftwaretecnologia