Após três contratações, Gilvan reafirma: “O plantel está fechado”

Presidente do Cruzeiro, porém, não descarta trazer mais reforços caso ocorra a oportunidade no mercado

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE E FERNANDO ALMEIDA |

douglas magno
undefined

O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, segue os trabalhos nos bastidores ao lado do diretor de futebol, Alexandre Mattos, para moldar sempre o melhor elenco para o Cruzeiro se manter no topo do Brasil e colecionar outras taças, mas garante que o grupo celeste está lacrado. O discurso é clichê, padrão de muitos dirigentes para motivar o plantel principal; e o fato vem dando certo para a equipe cruzeirense.

“O plantel nosso está fechado para esse ano e não temos intenção de contratar mais ninguém. Nosso grupo é esse aí”, disse Gilvan.

Para o restante da temporada, a diretoria celeste contratou três atletas durante a parada para a Copa do Mundo e deixa claro que está em busca da resolução dos 'problemas' do ataque. Para o setor, a cúpula cinco estrelas contratou os meia-atacantes Marquinhos, junto ao Vitória, e Neilton, ex-Santos, deixando mais velocidade e juventude à disposição do técnico Marcelo Oliveira.

“Reforçamos bastante o nosso plantel. Os jogadores que estavam contundidos estão voltando. Não temos espaço para mais ninguém, a não ser que surja algo excepcional no mercado, o que pode acontecer”, completou o presidente celeste.

As saídas já foram mais contidos, com o Cruzeiro liberando a saída de Wallace, que foi para o Braga por meio de um grupo de investimentos português, e vendo o volante Souza indo para o Santos.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposabastidoresgilvan de pinho tavares