Delegacia é incendiada e presos são soltos na Bahia

A ação do grupo ocorreu depois da morte por bala perdida de uma criança de um ano e seis meses durante um tiroteio entre um policial civil e um suspeito

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um grupo de cerca de 50 pessoas invadiu a delegacia de Amargosa (250 km de Salvador), depredou, soltou 16 presos e ateou fogo no local, por volta das 18h30 de quarta-feira (16). Outro grupo fechou a principal rodovia de acesso à cidade.

A ação do grupo ocorreu depois da morte por bala perdida de uma criança de um ano e seis meses durante um tiroteio entre um policial civil e um suspeito, no bairro Catiara.

A delegada e os policiais civis tiveram que deixar a delegacia às pressas e só retornaram com a chegada de reforço de cerca de cem policiais de Salvador, Santo Antônio de Jesus e Feira de Santana. A situação só foi controlada por volta das 21h, segundo a PM.

Por volta das 7h, apenas quatro presos tinham sido recapturados.

Estopim

Por volta das 18h, um policial civil retornava para casa quando se deparou com um suspeito e teve início uma perseguição, que terminou em tiroteio e a criança baleada.

O policial civil levou a criança ao Hospital Municipal de Amargosa, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a Polícia Militar, ainda não é possível saber de qual arma partiu o tiro que matou a criança.

O policial deve se apresentar na Corregedoria da Polícia Civil em Salvador.

Leia tudo sobre: DelegaciaIncêndioBahiaBala PerdidaCriançaPresosSoltosAmargosaSalvadorCatiaraPolicialPolícia Civil